Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

AND THERE'S NO DRIVER AT THE WHEEL


Viagem a Itália: Verona, parte I

Viagem a Itália: Verona, parte II

Viagem a Itália: Porto Venere

Viagem a Itália: Cinque Terre

Viagem a Itália: Florença, parte I

 

 

 

A Catedral de Santa Maria del Fiore, Duomo di Firenze, é mais um dos pontos altos de Florença. Trata-se de um edifício grandioso composto pela Catedral, o Baptistério e a Torre do Sino e fica situado na Piazza del Duomo.

O exterior é composto por painéis de mármore em tons rosa, verde e branco. No que toca a edíficios religiosos, este é o mais bonito e majestoso que já vi.

 

P1040999

 cúpula 

 

 

P1040964

fachada

 

 

P1040998

 

 

P1040972

 

P1040970

 

 

Florença tem alguns dos melhores museus do mundo e tendo em conta que íamos ficar três dias escolhemos dois para visitar: a Galleria dell'Accademia e a Galleria degli Uffizzi. 

Um conselho se estiverem interessados em visitar estes museus: as filas são muito longas, o ideal é fazer uma compra antecipada online para evitar esperar várias horas. Mesmo assim é importante ser-se paciente porque também existem filas para quem fez a compra online, apesar de serem menores.

 

 

A Galleria dell'Accademia é a casa da famosa escultura David de Michelangelo. Originalmente a escultura estava colocada na frente do Palazzo Vecchio tendo sido depois transferida para este  museu e colocada no seu antigo lugar uma réplica.

 

P1040990

 David

 

 

Esta escultura é considerada uma das maiores obras-primas de sempre e representa a figura bíblica de David que derrotou Golias.

É perfeita, não há outra maneira de pôr isto; a anatomia, a representação do corpo masculino é brilhante e vai ao mais pequeno pormenor. Michelangelo tinha somente 26 anos quando começou a trabalhar o bloco de mármore que viria depois a tornar-se nesta escultura e entregou-se completamente a esta missão dormindo e comendo só esporadicamente, de acordo com o seu biógrafo. 

 

 

P1040993

 

 

Na Galleria dell'Accademia existem outras obras do mesmo autor, pinturas Maneiristas, pinturas Góticas, um museu de instrumentos musicais e é possível aprender técnicas de pintura e escultura. Costumam existir ainda exposições temporárias. 

 

 

 

À tarde visitámos a Galleria degli Uffizzi. É considerado o mais importante e famoso museu de Florença e um dos mais importantes do mundo. O edifício, em forma de U, onde hoje em dia podemos encontrar esta Galleria não foi construído com esse propósito mas sim para acomodar escritórios administrativos e judiciais. Este projecto de construção ficou a cargo de Giorgio Vasari, a pedido dos Medici, em 1560.

Os Medici eram na altura uma família muito poderosa de Florença, detentora de várias colecções de arte, colecções essas que foram decorando o espaço e a estas foram-se juntando mais, mesmo depois do desaparecimento da família, o que permitiu a criação do museu e abertura ao público anos depois.

 

 

Foi construído ainda um corredor que liga o Palazzo Vecchio, passando pelo Uffizzi, ao Palazzo Pitti, onde residiam os Medici. Chama-se Corredor de Vasari e atravessa o rio servindo-se da parte superior da Ponte Vecchio. Desta forma a família tinha uma passagem privada entre a sua residência e o Palazzo Vecchio.

 

vasari_corridor_map.jpg

 Corredor de Vasari

 

 

P1040950

edifício das galerias Uffizzi

 

 

P1050005

 

 

 

O museu está dividido em várias salas: salas da Idade Média, salas Renascentistas, sala de Botticelli, sala dedicada a Leonardo da Vinci, salas de obras Renascentistas mas que não foram produzidas em Florença, salas dedicadas ao século XVI, salas de pintores flamengos, salas de Caravaggio. Existe também um Gabinete de Desenhos e Impressões, que inclui desenhos de Michelangelo e Leonardo da Vinci, a Colecção Contini-Bonacossi e salas para exposições temporárias.

 

Há mesmo muito que ver, é um sítio para ir com tempo. Quase sem darmos conta passámos lá perto de três horas.

 

 

P1050013

O Nascimento de Vénus de Botticceli

 

 

P1050014

Primavera de Botticelli

 

 

Em História uma das minhas matérias preferidas foi o Renascimento. A ideia que o Homem está no centro da vida, o surgimento de artistas como Michelangelo, Leonardo da Vinci, Botticceli e tantos outros, capazes de criações geniais, capazes de tornar em ouro aquilo em que tocavam. Neste dia pude ver ao vivo, ali tão perto, o que já tinha visto várias vezes nos livros de História. 

 

Um tema que vimos com muita frequência, tanto na Galleria dell'Accademia quanto na Galleria degli Uffizzi, foi o da Madonna col bambino (Virgem Maria e o menino). Cada vez que olhávamos para o nome do quadro, era esse mesmo sem tirar nem pôr. Já era uma piada nossa ao longo do dia sempre que víamos um quadro a representar a cena.

 

 

 

O Piazzale Michelangelo é um dos melhores lugares para se ter uma vista panorâmica da cidade de Florença e aqui também existe uma réplica, agora em bronze, da escultura de David. Deste ponto temos uma perspectiva diferente da cidade e conseguimos ver alguns dos seus principais monumentos e os montes Apeninos. 

 

P1050085

 

 

P1050056

 

 

P1050058

 

P1050061

 

 

Nas redondezas existe ainda um jardim, o Giardino delle Rose, também com vista para a cidade e com várias esculturas do artista belga Jean-Michel Folon. Uma dela é precisamente o contorno de uma mala, a primeira foto daqui.

 

 

 

Uma outra praça de Florença por onde passámos foi a Piazza di Santa Croce não muito distante da Piazza della Signoria. O nome vem da Basílica franciscana que é a sua principal atracção e onde estão os túmulos de Michelangelo, Galileo, Machiavelli, entre outros. Nesta praça também existe uma estátua de Dante com um ar de poucos amigos. 

 

P1050105

Piazza di Santa Croce 

 

 

P1050104

Basilica di Santa Croce

 

 

P1050107

Dante

 

 

 

 

 

 

Florença vai ter direito a um terceiro post porque ainda falta falar de algo que fomos descobrindo pela cidade e que eu fui "coleccionando".  

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


4 comentários

Imagem de perfil

De Sónia Pereira a 05.01.2017 às 12:48

Não conheço a cidade, mas conseguiste incutir-me uma vontade doida de a visitar. A catedral de Santa Maria del Fiore parece magnífica (a fachada, a cúpula) e a estátua de David, só por si, deve fazer valer a pena a visita ao museu. Estou um pouco a ressecar com a falta de viagens, mas este é um destino a adicionar à longa lista de desejos viajantes. :)
Imagem de perfil

De Rita a 05.01.2017 às 13:32

Florença é uma cidade apaixonante, só de escrever estes posts já me deu uma saudade enorme :)

Quando tiveres oportunidade vai, de certeza que não te arrependes!
Imagem de perfil

De The Travellight World a 05.01.2017 às 15:40

Adorei rever uma das minhas cidades preferidas😊
Gostei muito de ler o post!
Imagem de perfil

De Rita a 05.01.2017 às 17:17

Fico contente por saber. Obrigada! :)

Comentar post



Rita

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.





Pesquisar

  Pesquisar no Blog

blogs Portugal


Apontamentos

Nuno Joana Maggie Inês