Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

AND THERE'S NO DRIVER AT THE WHEEL


11
Mai09

Black then white are all I see in my infancy.
red and yellow then came to be, reaching out to me.
lets me see.
As below, so above and beyond, I imagine
drawn beyond the lines of reason.
Push the envelope. Watch it bend.

Over thinking, over analyzing separates the body from the mind.
Withering my intuition, missing opportunities and I must
Feed my will to feel my moment drawing way outside the lines.

Black then white are all I see in my infancy.
red and yellow then came to be, reaching out to me.
lets me see there is so much more
and beckons me to look through to these infinite possibilities.
As below, so above and beyond, I imagine
drawn outside the lines of reason.
Push the envelope. Watch it bend.

Over thinking, over analyzing separates the body from the mind.
Withering my intuition leaving all these opportunities behind.

Feed my will to feel this moment urging me to cross the line.
Reaching out to embrace the random.
Reaching out to embrace whatever may come.

I embrace my desire to
feel the rhythm, to feel connected
enough to step aside and weep like a widow
to feel inspired, to fathom the power,
to witness the beauty, to bathe in the fountain,
to swing on the spiral
of our divinity and still be a human.

With my feet upon the ground I lose myself
between the sounds and open wide to suck it in,
I feel it move across my skin.
I'm reaching up and reaching out,
I'm reaching for the random or what ever will bewilder me.
And following our will and wind we may just go where no one's been.
We'll ride the spiral to the end and may just go where no one's been.

Spiral out. Keep going, going...


"Tool is exactly what it sounds like: It's a big dick. It's a wrench. It's also what it sounds like: It's a verb, it's a digging factor. It's an active process of searching, as in use us, we are a shovel, we are the match, we're the blotter of acid, your tool; use us as a catalyst in your process of finding out whatever it is you need to find out, or whatever it is you're trying to achieve." - Maynard James Keenan


no fundo e num sentido mais amplo, somos todos ferramentas uns dos outros. e isso faz todo o sentido, enquanto por aqui andamos.

Autoria e outros dados (tags, etc)


6 comentários

Sem imagem de perfil

De João Líbano Monteiro a 12.05.2009 às 00:51

Em primeiro lugar, rita, muito obrigado pelos teus comentários no meu blog. És a mais fiel comentadora, e tenho sempre em consideração as tuas opiniões :)

Em segundo lugar, e em resposta ao teu comentário, ainda falta bastante tempo para atingir o que quero ser... e embora "à superfície" não pareça, "por dentro" isto está uma grande confusão! Mas enfim... tenho 20 anos e ainda me falta muito calo para ganhar... e é como dizes (ou diz o Maynard), e bem... Be patient... If there were no rewards to reap... Por último, respondendo ao teu post... what else is to say? Tool é A cena! Gostava de saber que identidade assume ele quando vai escrever certas coisas, como a The Grudge... por identidade digo "postura em relação à letra que escreve", se é participante, por exemplo... é daquelas letras.

Beijinho grande :)

Spiral Out, Keep Going!
Sem imagem de perfil

De Pat a 12.05.2009 às 02:01

E mai nada! =)
Sem imagem de perfil

De Spiral Out a 12.05.2009 às 06:48

"Talk to each other. Find out what the other person is thinking and why. You don't have to turn off your computers because that still allows you to talk to one another"

by Maynard James Keenan

Foda-se.. Tão divino e humano ao mesmo tempo é quase impossivel!!
Sem imagem de perfil

De R. a 12.05.2009 às 23:39

JlolM :P gosto muito de te ler, daí tanto comentário que te deixo no blog lol ;) o processo criativo dele é qualquer coisa do outro mundo, mesmo. gostava tanto de saber como funciona aquela cabeça! bjinho grande para ti tb :)

Má com'as cobras: ;)) *

Sérgio-Justinho :P questionar, questionar, questionar... chegar ao cerne das coisas. O homem só diz verdades!
Sem imagem de perfil

De Sara non c'e a 13.05.2009 às 01:27

Ui que ela está viva! :P grande músca, grande banda. Grande merda que nesta vida uns sejam sempre martelos e outros parafusos...*
Sem imagem de perfil

De R. a 13.05.2009 às 21:09

lol, voltei a emergir no reino da blogosfera :P olha, grande verdade essa dos parafusos e martelos!... :\ *

Comentar post



Rita

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.





Pesquisar

  Pesquisar no Blog

blogs Portugal


Apontamentos

Nuno Joana Maggie Inês