Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

AND THERE'S NO DRIVER AT THE WHEEL


06
Jul13
Este post surge como o desenvolvimento de uma troca de ideias e opiniões sobre a situação do país e os meus dois centavos sobre o assunto. 
Eu não me identifico com nenhum partido político e acredito que a democracia apesar de estar muito longe de ser perfeita, é o menor dos males. 

Na minha forma de ver as coisas, tudo o que estamos a viver reporta-se a um problema muito mais profundo e demasiado enraizado na sociedade.
Acho que o modelo de ensino (em geral, não só em Portugal) não prepara as pessoas para terem um verdadeiro sentido cívico, para sentirem que lhes cabe um papel muito específico quando vivem em sociedade. Acho que não as prepara para a necessidade de terem um espírito crítico, para fazerem as questões correctas. E qual a razão para essa negligência? Porque isso é verdadeiramente perigoso e ameaça o status quo. Há um interesse em que as coisas se mantenham na mesma porque dessa forma quem está no poder não o vê ameaçado. 
  
Por que razão não se cria nas crianças a vontade (e necessidade) de pensarem por si próprias sobre todo o tipo de coisas? Que tal incentivar-se o estudo de obras como o "1984", "Animal Farm" ou o "Brave New World" na escola, por exemplo? Ensinar-se que temos de questionar absolutamente tudo o que nos é dado? Sensibilizar-se as pessoas para se questionarem de onde vem a informação? Quem a dá e em que condições? Quais os interesses por trás de certos meios de comunicação? A quem serve esse tipo de informação?...

Sinto que isto não tem de partir só de mudanças por parte de quem está na política, tem de partir da sociedade. Tem de haver interesse em preparar as pessoas para estarem informadas e munidas do máximo de factos. Esta é uma sociedade cada vez mais imersa em inutilidades, contra-informação, superficialismo. Não admira que sejam sempre os mesmos no poder e que o objectivo seja sempre o interesse próprio em vez do interesse da comunidade. Acho que enquanto não houver uma mudança muito séria na mentalidade, na consciência colectiva, vai manter-se tudo na mesma.

Este blog não tem um objectivo definido. É um sítio onde dou por mim a partilhar coisas que gosto e reflexões sobre assuntos que têm importância para mim. Sei que não tem uma projecção significativa na imensidão de conteúdos da internet mas numa era em que temos acesso a tanta informação, em que podemos comunicar uns com os outros de variadíssimas formas, é um desperdício não usarmos isso em nosso benefício. Tem é de haver interesse nisso, tem de partir de cada um a intenção de educar-se e partilhar isso com os outros. 

Sou idealista e, pior, irrealista nos meus pensamentos? Muito provavelmente isso irá transparecer mas a realidade é que eu sei que isto não são coisas que se obtêm de um dia para o outro. Acho que tem de se tentar, tem de haver pelo menos uma tentativa de encontrar algum caminho.
A mudança de mentalidades leva o seu tempo mas tem de se começar por algum lado e esta altura em que vivemos pode muito bem ser a altura ideal. 

Sei que é um longo caminho mas encoraja-me saber que conheço várias pessoas que pensam da mesma forma ou de forma similar à minha e isso pode ser o início de algum tipo de alteração deste estado de coisas. A resposta tem de estar bem para lá da escolha óbvia entre este ou aquele partido, nenhum deles tem um interesse claro em melhorar a vida de cada um de nós. Estas trocas de cadeiras no poder entre PS à esquerda e PSD/CDS à direita não são a solução, tem de haver uma alteração verdadeiramente significativa e de fundo e nós temos responsabilidade nisso.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:



Rita

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.





Pesquisar

  Pesquisar no Blog

blogs Portugal


Apontamentos

Nuno Joana Maggie Inês